sábado, 7 de outubro de 2017

PRM DESMANTELA SUPOSTO CATIVEIRO COM 41 PESSOAS NA MATOLA

A Polícia República de Moçambique (PRM) desmantelou um suposto cativeiro com quarenta e uma pessoas, no município da Matola, província de Maputo. 

As pessoas que eram mantidas em cativeiro, são moçambicanos que trabalham em algumas farmas na terra do rand, que procuravam legalizar a sua documentação, para posteriormente voltarem para a África do Sul.

Na Matola, estes cidadãos encontravam-se sob responsabilidade de um indivíduo, alegadamente, mandatado pelos proprietários das empresas onde trabalham, na promessa de facilitação de documentos que lhes conferem trabalhar legalmente naquele país vizinho.

0 comentários:

Enviar um comentário